+55 21 2277-3907
uniabes@uniabes.com.br
Oferta!

A arte da modelagem hidráulica de sistemas de abastecimento de água

R$910,00R$1.300,00

30% de desconto para sócios

Garanta seu desconto:
antes de se inscrever clique aqui e seja um associado ABES

Forma de pagamento: à vista ou no cartão de crédito através do Pagseguro

PESSOA JURÍDICA? SOLICITE AQUI SUA INSCRIÇÃO CORPORATIVA

Limpar
REF: MODELAGEM Categoria:

Descrição

Este curso EAD dará aos Gerentes, Supervisores e Técnicos do setor de saneamento, envolvidos com a ESTUDOS DE CONCEPÇÃO, PROJETOS DE ENGENHARIA, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO de sistemas de abastecimento de água, conhecimentos técnico e gerencial que permitam a criação de modelos hidráulicos que apoiem e favoreçam as tomadas de decisões, visando a melhoria da qualidade e produtividade dos serviços de abastecimento de água. Além de ampla atualização de conhecimentos, abordará também sobre as tecnologias de informação à disposição do sanitarista brasileiro, além de amplo roteiro para SIMULAÇÕES HIDRÁULICAS, CALIBRAÇÃO E EXPLORAÇÃO DESSES MODELOS MATEMÁTICOS, norteadores do processo decisório, racionalizando e sistematizando a escolha das alternativas ótimas, como meio de se fugir do empirismo que às vezes norteiam as escolhas de alternativas de abastecimento de água.

Carga horária

O curso estará composto de 07 módulos e 65 horas aula com duração total de 3 meses.

Conteúdo programático

  • 01- Introdução do curso
  • 02-CASE- Eficiência energética em operação de reservatório
  • 03.1- A importância da modelagem hidráulica
    03.2-CASE- Eficiência energética no sistema de recalque
  • 04.1- Diretrizes para a criação do modelo-parte1
    04.2-CASE-Utilização do modelo hidráulico para verificação do comportamento de pressões nos hidrantes
  • 05.1-Diretrizes para a criação do modelo-parte2
    05.2-CASE- Utilização do modela para indicação de setorização
  • 06.1-Diretrizes para a criação do modelo-parte4
    06.2-CASE-Apresentação Estudo ampliação do abastecimento
  • 07.1- MONTAGEM DO MODELO (EPANET) Exercício 1 Parte 1
    07.2- MONTAGEM DO MODELO (EPANET) Exercício 1 Parte 2
    07.3-CASE-Proposta de melhorias D-12
  • 08.1- -MONTAGEM DO MODELO (EPANET) Exercício 1 Parte 3
    08.2- -MONTAGEM DO MODELO (Allievi) Parte 3 Transiente hidráulico
    08.3-CASE- Risco em operar liga/desligar de CMB horário de ponta da energia
  • 09.1- Diretrizes para a criação do modelo-parte5
    09.2-CASE- Uma alternativa melhoria de abastecimento de distritos em series
    09.3-CASE-Estudo Duplicação de adutora
  • 10.1- MONTAGEM DO MODELO (EPANET) Exercício 2
    10.2-CASE-Estudo interligação de uma adutora de 1200 mm com Adutora de 600 mm
  • 11.1- MONTAGEM DO MODELO (EPANET) Exercício 2
    11.2- Você pode ser um Albert Einstein

Sobre o autor

HUDSON TIAGO DOS SANTOS PEDROSA

Graduado em engenharia civil pela Universidade Federal de Alagoas – UFAL, com o trabalho “Caracterização Hidrológico-hidráulica da bacia do Riacho do Gulandim, em Maceió-AL”, Mestre do Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil – PPGEC em Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos pela na Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, titulo obtido com a dissertação sobre “Otimização em operação de estações elevatórias buscando a eficiência energética”. Atualmente como analista de Saneamento da Companhia Pernambucana de Saneamento – COMPESA. É especialista em modelagem matemática. Trabalhos completos publicados em anais de congressos: Análise econômica de alternativas operacionais da Estação Elevatória de Gurjaú, Jaboatão dos Guararapes-PE. 28º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2015, Rio de Janeiro. Caracterização do uso e ocupação do solo da Bacia do Riacho do Reginaldo, Maceió-AL, para simulação chuva-vazão com dados de projeto  e dados reais de monitoramento. Congresso de Engenharia, Ciência E Tecnologia, 2008, Maceió. Caracterização de bacias urbanas para implantação de estrutura de monitoramento. Estudo do caso: Riacho do Reginaldo – Maceió/AL. VIII Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste, 2006, Gravatá. Metodologias de obtenção do parâmetro CN do modelo SCS: Estudo do Caso: Bacia do Riacho Reginaldo, Maceió-AL. VIII Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste, 2006, Gravatá. Modelo IPHS1 aplicado na simulação do sistema de drenagem da Bacia do Riacho do Reginaldo para eventos observados de precipitação. III Congresso Acadêmico Daufal, 2006, Maceió. Excelência Acadêmica Com Inclusão Social, 2006.

Informação adicional

Categoria

Não Sócio, Associado

Você também pode gostar de…